Chuvas no RS: número de mortos sobe para 83; são 111 desaparecidos

Mais de 850 mil pessoas foram afetadas em 345 municípios, segundo o governo gaúcho

104

O balanço divulgado pelo governo do Rio Grande do Sul na manhã desta segunda-feira (06) mostra que o número de mortos em razão das fortes chuvas que atingem o estado desde o início da semana passada subiu para 83. Além disso, quatro óbitos estão em investigação. Ao todo, 111 pessoas estão desaparecidas e 276 estão feridas.

Segundo os números, mais de 850 mil pessoas foram afetadas em 345 municípios do estado. Já são 121.957 desalojadas e 19.368 em abrigos.

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional editou nova portaria, publicada em edição extra Diário Oficial da União, neste domingo (6), alterando ato anterior e ampliando para 336 municípios gaúchos o reconhecimento do estado de calamidade pública em razão das chuvas intensas que atingem a região.

Veja onde ocorreram as mortes confirmadas:

  • Bento Gonçalves (3)
  • Boa Vista do Sul (2)
  • Bom Princípio (1)
  • Canela (2)
  • Canoas (1)
  • Capela de Santana (1)
  • Capitão (1)
  • Caxias do Sul (5)
  • Cruzeiro do Sul (8)
  • Encantado (2)
  • Farroupilha (1)
  • Forquetinha (2)
  • Gramado (7)
  • Itaara (1)
  • Lajeado (5)
  • Montenegro (1)
  • Pantano Grande (1)
  • Paverama (2)
  • Pinhal Grande (1)
  • Porto Alegre (2)
  • Putinga (1)
  • Roca Sales (2)
  • Salvador do Sul (2)
  • Santa Cruz do Sul (2)
  • Santa Maria (5)
  • São João do Polêsine (1)
  • São Leopoldo (1)
  • São Vendelino (2)
  • Segredo (1)
  • Serafina Corrêa (2)
  • Silveira Martins (1)
  • Sinimbu (1)
  • Taquara (2)
  • Três Coroas (1)
  • Vale do Sol (1)
  • Venâncio Aires (3)
  • Vera Cruz (1)
  • Veranópolis (5)

Equipes aproveitam trégua:

A principal preocupação das equipes de socorro é aproveitar a trégua nas chuvas para resgatar vítimas que ficaram isoladas por conta dos alagamentos. O volume das águas diminuiu na maior parte das cidades do interior. Em Lajeado, foi possível observar os estragos provocados pela cheia do Taquari, que praticamente consumiu a rodovia Governador Leonel de Moura Brizola (Br-386), que liga Lajeado ao município de Estrela.

O Comando Militar do Sul (CMS) informou que a previsão meteorológica é de uma janela de bom tempo em maior parte do Estado entre este domingo (5) e a próxima terça-feira (7), o que é considerado uma “boa notícia”.

Segundo militares em entrevista coletiva em Porto Alegre, deve haver chuvas nesta segunda (6) apenas no extremo sul do Rio Grande do Sul.