Entrega de tablets fortalece educação em Rondônia: “Recursos digitais acessível a todos”

75

O governador de Rondônia, Marcos Rocha anunciou esta semana a entrega de mais de 23 mil tablets para alunos do Ensino Médio da Rede Estadual de Ensino, com o objetivo de impulsionar a integração da tecnologia na Educação, e facilitar o acesso desses estudantes as plataformas de estudo disponibilizadas pelo Governo. Seis alunos do Ensino Médio das Escolas Estaduais Mariana, Flora Calheiros e Daniel Nery estiveram nesta terça-feira, 23, no Palácio Rio Madeira para receberem os equipamentos.

Para o governador Marcos Rocha os tablets garantem oportunidades iguais para todos os alunos e capacitam os educadores a adaptar os materiais de ensino às necessidades individuais dos estudantes. “O objetivo é criar uma estrutura moderna, acessível a todos e aproveitar os benefícios que os recursos digitais têm a oferecer”, ressaltou.

Das aquisições realizadas, 4.144 tablets foram destinados às escolas de Tempo Integral, enquanto 5.745 foram para o programa de Mediação Tecnológica, ambos financiados pelo Governo do Estado. Além disso, por meio da Lei da Conectividade nº 14.172/2021, foram adquiridos 13.328 tablets e chips, com recursos do Governo Federal, garantindo um acesso abrangente à tecnologia educacional.


O investimento total foi de R$ 23.517.195,81, sendo R$ 10.016.864,77 provenientes do Estado e R$ 13.500.331,04 do Governo Federal. A entrega de tablets contribui para a transformação do cenário educacional, preparando os alunos para um futuro cada vez mais digital e conectado.

A diretora da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Mariana, Márcia Reis, fez questão de ressaltar os benefícios que as novas tecnologias adquiridas pelo Governo do Estado estão trazendo para a Educação, especialmente no Ensino Médio. “Esse Governo realmente olhou para a questão das tecnologias e investiu. Cada professor recebeu um notebook para trabalhar as plataformas “Revisa Mais” e “Revisa Enem”. Agora, com esses tablets para os alunos, será um ganho excelente. As plataformas são maravilhosas e servem para que os alunos estudem para o Enem durante todo o ensino médio. Com certeza, isso vai aprimorar o aprendizado”, afirmou.