Vitrine Tecnológica reforça produção sustentável na agricultura familiar na Rondônia Rural Show

141

Destaque em todas as edições da Rondônia Rural Show Internacional, a Vitrine Tecnológica promete trazer em 2024, tecnologia e inovação na forma de conduzir a lavoura. Voltada ao tema do evento desta ano que destaca a Agricultura da Amazônia, o mostruário dará ênfase ao desenvolvimento da agricultura rondoniense, com foco na sustentabilidade e produção de qualidade. A 11ª Rondônia Rural Show Internacional, será realizada entre os dias 20 a 25 de maio, no Centro Tecnológico Vandecir Rack, no município de Ji-Paraná, região central do Estado.

Com área de um hectare, a vitrine vem sendo preparada nos últimos meses pelos extensionistas da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RO), com o objetivo de demonstrar a potencialidade de uma propriedade diversificada.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, a diversidade de temas abordados que serão apresentados na vitrine, desde a produção vegetal, animal, até as atividades sociais e de saúde preventiva, mostram o comprometimento da Emater-RO em atender às necessidades dos produtores rurais e da comunidade em geral. “A participação e interação dos visitantes na vitrine tecnológica, durante a 11ª Rondônia Rural Show Internacional, será fundamental para disseminar as práticas e tecnologias apresentadas, contribuindo para o desenvolvimento sustentável do agronegócio em Rondônia”, ressaltou.

O diretor-presidente da Emater-RO, Luciano Brandão, destacou o grande número de visitantes que a vitrine recebeu na última edição do evento, totalizando mais de 100 mil pessoas. “Para este ano esperamos um número ainda maior, a ideia é proporcionar um impacto significativo na disseminação de conhecimento e tecnologia para o setor agropecuário do Estado”.

O titular da Autarquia explicou ainda que, com a diversidade de atividades planejadas, os visitantes terão a oportunidade de conhecer as técnicas utilizadas pela Emater-RO, na condução das lavouras e os serviços de Ater que estão impactando a vida das famílias rurais nas diversas áreas produtivas do Estado.

“Exemplo disso, está na cadeia produtiva do cacau, hoje em ascensão, com investimentos do Governo de Rondônia, por meio do programa Plante Mais, que distribuiu 600 mil mudas de cacau clonal à agricultores familiares do Estado. Os agricultores, poderão vivenciar a assistência técnica da Emater-RO, desde a escolha das mudas, preparo do solo, plantio, colheita até a comercialização de amêndoas e a produção de chocolates finos”, disse Luciano Brandão.

DIVERSIDADE DE PRODUÇÃO

O cacau de Rondônia vem conquistando espaço dentro e fora do país e recentemente obteve o título de melhor cacau do Brasil, com a conquista do primeiro lugar no V Concurso Nacional de Cacau Especial, nas categorias Varietal e Mistura (Blend). E neste ano de 2024, foi contemplado com o selo de indicação geográfica, na espécie indicação de procedência, efetivando o seu reconhecimento pela qualidades particulares, atribuídas à produção originária.

Na área animal, a Emater-RO tem trabalhado na adaptação da área de pastagem para uma unidade demonstrativa do projeto de Consultoria Técnica (Consultec). O diretor-presidente da Emater-RO ressaltou que, nessa área, os visitantes poderão conhecer como está sendo fortalecida a cadeia produtiva do leite, na tecnologia que utiliza orientações inovadoras, voltadas ao desenvolvimento sustentável com manejo de pastagem adequado. “Foi construída uma área com seis piquetes, com corredor, plantados capim capiaçu, além de uma área com lavoura de milho para a produção de silagem para alimentação, que vai permitir aos visitantes conhecerem as metodologias de criação de gado e assistência técnica oferecida pelos extensionistas”, afirmou Luciano Brandão.