Desenrola Empresas: Como Funciona? Quem Pode Participar?

51

Esta semana o anúncio do governo federal sobre o lançamento do programa “Desenrola para Empresas”, surpreendeu o cenário econômico nacional. Esse programa é destinado para proporcionar alívio para MEIs e pequenas empresas. A iniciativa vem em resposta aos desafios econômicos sofridos na pandemia de Covid-19.

Previsto para implementação como medida provisória na próxima semana, o programa terá um orçamento de R$ 7 bilhões do Fundo Garantidor de Operações (FGO). Essa injeção financeira visa facilitar a renegociação de dívidas, permitindo que os devedores refinanciem seus passivos e tenham acesso a um total de crédito de até R$ 35 bilhões.

Quais são os benefícios?

Entre os atrativos do programa, estão as condições favoráveis oferecidas aos participantes. Assim, destaca-se um período de carência de seis meses e taxas de juros mais baixas, sendo cerca de 1% ao mês ou 13% ao ano.

O ministro do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, Márcio França, destacou a importância do programa como um suporte vital para negócios que enfrentam desafios financeiros, especialmente aqueles que recorreram a empréstimos pelo Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) durante a crise sanitária.

França ressaltou que muitos dos devedores do Pronampe estão enfrentando dificuldades para cumprir com suas obrigações devido ao aumento das taxas de juros pós-pandemia.

Programa Desenrola para Empresas

O Desenrola para Empresas surge como uma abordagem semelhante ao Desenrola Brasil, na busca de auxiliar os empreendedores a reestruturar suas dúvidas e assegurar a continuidade das suas operações.

Inspirado no programa de sucesso para pessoas físicas, que beneficiou mais de 11,5 milhões de indivíduos endividados, o lançamento deste novo programa, busca estender o apoio crucial para o setor empresarial.