Biblioteca Nacional promove distribuição gratuita de livros

Em homenagem ao Dia Nacional do Livro Infantil e ao Dia Mundial do Livro, a Biblioteca Nacional , no Rio de Janeiro, dará 4 mil exemplares. Evento ocorre nos dias 18, 19, 24, 25 e 26

114

Para celebrar o Dia Nacional do Livro Infantil (18) e o Dia Mundial do Livro (23), a Fundação Biblioteca Nacional (FBN) – entidade vinculada ao Ministério da Cultura – promove a ação cultural “Semana do Livro na Biblioteca Nacional”, nos dias 18, 19, 24, 25 e 26 de abril, das 10h às 17h, na sede da FBN na Cinelândia, Centro do Rio. Durante o evento, os visitantes serão convidados a se expressar deixando uma mensagem em troca de um livro.

Ao todo, serão distribuídos 4.000 livros editados pela própria Biblioteca Nacional (BN) – do romance à poesia, de ensaios temáticos à literatura infantil. Na entrada da BN, haverá um totem onde os visitantes poderão escrever recomendações de leitura, mensagens, poemas, desenhos, símbolos, pensamentos ou quaisquer outras formas de expressão por meio da escrita.

“Coletaremos pensamentos e celebraremos manifestações por onde o ser humano se eleva e se realiza. A iniciativa é pensada para estimular a reflexão e recolher ideias sobre a relação entre cultura e sociedade”, afirma Verônica Lessa, coordenadora do Centro de Cooperação e Difusão da FBN.

Celebração

O Dia Mundial do Livro é uma data escolhida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) para celebrar o livro, incentivar a leitura, homenagear autores e refletir sobre seus direitos legais. A data foi escolhida em tributo aos escritores Miguel de Cervantes, Inca Garcilaso de la Vega e William Shakespeare, que morreram em 23 de abril. A efeméride homenageia leitores, tradutores, editores e todos aqueles envolvidos na cadeia do livro, desde a sua produção até a leitura.

Já o Dia Nacional do Livro Infantil é a data escolhida para celebrar a literatura infantil nacional, pois em 18 de abril de 1882 nascia o escritor Monteiro Lobato, considerado o patrono da literatura infantil brasileira.