Governador Marcos Rocha assina decreto para garantir mais voos a Rondônia

Empresas são a favor da proposta e confirmaram aumento do serviço ainda para 2024

107

Mais um importante passo rumo ao fim da problemática relacionada aos voos comerciais para Rondônia, foi confirmado pelo governador do Estado, Marcos Rocha, ao assinar nesta terça-feira (26), Decreto 28.989, de 21 de março de 2024, que altera o dispositivo no regulamento do ICMS para facilitar a operacionalidade das companhias aéreas. Com isso, as companhias devem oferecer voos diretos e regulares, com frequência mínima de 14 voos semanais saindo de Porto Velho, visando o direito ao desconto de ICMS na compra de combustível de aviação, fato que atende as expectativas das companhias, que já sinalizaram interesse ao cumprimento da medida a partir do segundo semestre deste ano.

Atualmente as empresas estão atuando no Estado com dez voos diários. As empresas Latam e Gol se comprometeram em ampliar o serviço a partir do aeroporto de Porto Velho, de modo que haja conexões com aeroportos considerados hubs, ou seja, aeroportos que ofereçam conexões para diversas regiões.

A Azul não entra nessa conta porque ela atua com foco em outro requisito, que é atendimento aos municípios do interior do Estado por meio de alguns aeroportos.

O acordo com as companhias é de que haja pelo menos dois voos diários saindo de Porto Velho para outras regiões, e que a Azul continue operando nos municípios do interior. A proposta acaba com a queda de braço entre as companhias aéreas e a sociedade rondoniense, fato que tem gerado inúmeros problemas para o Estado.