Governo do Estado desenvolve plataforma acessível aos cursos profissionalizantes do Programa “Vencer”

46

Contribuindo com a assistência social do Estado, o Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação (Setic), desenvolveu a Plataforma para o Programa Vencer, que tem como objetivo, a erradicação da pobreza por meio da capacitação e qualificação de cidadãos em situação de vulnerabilidade social.

O Programa Vencer, idealizado pela Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), visa proporcionar oportunidades através de qualificação e capacitação, aliado ao auxílio financeiro temporário e equipagem, para impulsionar a autonomia financeira e o crescimento econômico.

Segundo superintendente da Setic, Delner Freire, a tecnologia é aliada no sucesso dos programas governamentais. “A integração de esforços e a participação ativa de todos os envolvidos é fundamental para assegurar que o programa atinja a seus objetivos e faça diferença na vida dos cidadãos de Rondônia”, ressaltou.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha,  ao investir na capacitação e no suporte financeiro dos cidadãos, o Programa busca criar um ciclo de desenvolvimento, onde o crescimento econômico se alia à melhoria das condições de vida da população”, destacou.

O programa Vencer foi lançado nesta terça-feira (30), conforme a secretária da Seas, Luana Rocha a expectativa é qualificar profissionalmente cerca de 10 mil pessoas, com a realização de 45 cursos em 13 áreas tecnológicas: “São cursos nas áreas de Construção Civil, Vestuário, Alimentos, Madeiro-Mobiliário, Metalmecânica, Energia, Logística, Automotiva, Refrigeração e Climatização, Tecnologia da Informação, Imagem Pessoal, Gestão e Saúde. E durante todo curso, o beneficiário receberá auxílio financeiro temporário de R$ 200 até atingir o montante de R$ 2.400”, explicou.

REQUISITOS PARA PARTICIPAR DO PROGRAMA:

  • Ter mais de 18 anos;
  • Estar devidamente cadastrado no CadÚnico;
  • Ser comprovadamente cidadão rondoniense em situação de vulnerabilidade social;
  • Possuir renda per capita familiar de até R$ 109;
  • Estar inserido em projetos sociais como: Mulher Protegida, PCD, Catadores de Materiais Recicláveis e mães atípicas.

Os cidadãos que cumprirem os requisitos e estiver interessados em realizar algum dos cursos pode acessar o Portal do Cidadão para obter mais informações.