Húngara diz que Neymar é pai de sua filha, de 10 anos, e pede pensão de R$ 160 mil

Mulher ainda exige que o jogador da Seleção Brasileira faça o teste de DNA; veja detalhes

81

Um dos principais jogadores do futebol mundial, Neymar foi alvo de uma polêmica fora do campo nesta terça-feira (30). Isso porque uma mulher húngara, identificada como Gabriella Gaspar, entrou com uma ação contra o atleta ao alegar que o astro da Seleção Brasileira é pai da filha dela, de 10 anos.

Na Justiça, ela pede que Neymar faça um teste de DNA para confirmar a paternidade, além de uma pensão alimentícia de R$ 160 mil. Gabriella teria engravidado em um suposto encontro com Neymar na Bolívia, justamente no período em que ele defendeu o Brasil em um confronto entre os países.

Em entrevista ao Estadão, o advogado de Gabriella, Angelo Carbone, confirmou a ação da mulher na Justiça e afirmou que a húngara tentou contato várias vezes com a família de Neymar. As mensagens teriam sido enviadas aos pais do camisa 10 do Al-Hilal, Neymar da Silva Santos e Nadine Santos, e à irmã dele, Rafaella Santos.

De acordo com Carbone, Gabriella Gaspar também enviou uma carta ao Instituto Neymar Jr. e mensagens no Instagram do jogador. Em uma delas, compartilhada por Angelo com a CNN Brasil, Gabriella mandou fotos da filha a Neymar e escreveu a seguinte legenda: “Olá. Espero que tenha recebido a minha carta, incluindo a foto de sua garotinha”.

No pedido, Gabriella solicita que Neymar arque com todos os custos da criança durante os dez anos de idade. O valor da causa chega a R$ 2 milhões. O advogado dela alega que Gaspar não tem condições financeiras para sustentar a filha sozinha.

Se o juiz responsável pelo caso acatar o pedido de Gabriella, Neymar pode ser obrigado a realizar o teste de DNA.

Neymar é pai de Davi Lucca, de 12 anos, e de Mavie, de três meses.