Detran-RO lança campanha “Sua vida vale mais” para reduzir sinistros de trânsito em Porto Velho

57

Com o objetivo de reduzir os sinistros de trânsito em Porto Velho, o Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran-RO) lança nesta quinta-feira (25), a Campanha Educativa “Sua vida vale mais”, às 10h, na Escola Pública de Trânsito (EPT), localizada na rua Padre Chiquinho, nº 913, bairro Pedrinhas.

A campanha será realizada por meio da Escola Pública de Trânsito da autarquia, onde as ações educativas serão executadas, principalmente, nas vias que registraram mais sinistros em 2022.

Segundo a diretora da Escola Pública de Trânsito,  Junaia Freitas, a campanha vai reforçar orientações aos usuários do trânsito, para respeitar o limite de velocidade, usar capacetes e cintos de segurança adequados, e não dirigir sob efeito de álcool ou outras drogas.

A campanha conta com o apoio e a parceria de diversas instituições, como a Diretoria Técnica de Fiscalização de Trânsito – DTFAT, a Polícia Rodoviária Federal – PRF, o Batalhão de Polícia de Trânsito – BPTran, a Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes – Semtran, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Rondônia – CBMRO, o Comitê Municipal de Segurança Viária, a Agência Estadual de Vigilância em Saúde – Agevisa, o Serviço Móvel de Atendimento de Urgência – Samu e a Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania – Sesdec.

De acordo com o diretor geral do Detran, Léo Moraes, a parceria entre as instituições reforça o compromisso de todos com a preservação da vida. Estamos intensificando as ações nos locais mais críticos, conforme os dados do anuário estatístico da Coordenadoria de Registro Nacional de Acidentes e Estatísticas de Trânsito – Renaest.

“Quase 90% dos sinistros são causados por fator humano, ou seja, isso significa que eles foram resultados da imprudência, da desatenção e da imperícia dos motoristas envolvidos. Portanto, o objetivo é orientar a população para que faça escolhas corretas e prudentes no trânsito, assumindo a responsabilidade por suas ações, enfatiza Léo Moraes.

As ações educativas da EPT fazem parte do Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito – Pnatrans, ao qual a Autarquia aderiu em 2022. O Pnatrans se alinha com as iniciativas da Organização das Nações Unidas (ONU) para a Nova Década de Segurança no Trânsito, e com as políticas nacionais de trânsito e de mobilidade urbana; e estabelece metas para a redução de no mínimo 50% das taxas de mortes por grupo de habitantes e por grupo de veículos, no período de dez anos, de 2018 a 2028.