Instalação do conjunto da Estação de Tratamento de Água em Jaru conta com 60% de execução

55

Para melhorar e ampliar o sistema de abastecimento de água no município de Jaru, o Governo de Rondônia está trabalhando na instalação da nova Estação de Tratamento de Água (ETA), com 60% de execução entregues, o que marca o progresso do andamento das obras, realizadas pela Secretaria de Estado de Obras e Serviços Públicos (Seosp).

De acordo com a equipe de fiscalização da Seosp, já foram investidos R$ 2.922.916,29 (dois milhões, novecentos e vinte e dois mil, novecentos e dezesseis reais e vinte e nove centavos), o equivalente a 42,64% de execução de toda a obra do sistema no município, recursos oriundos do Governo Federal, mediante o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), e contrapartida do Governo do Estado.

Conforme a engenheira fiscal da Secretaria, Adrian Alves de Souza, a nova ETA terá capacidade de vazão de 60 litros por segundo de água, e contará com dois decantadores, sete filtros, quatro floculadores e uma calha parshall (usada para medir, com relativa facilidade e de forma contínua, as vazões de entrada e saída de água). “Os serviços de instalação iniciaram em abril de 2023. Temos acompanhado os trabalhos da empresa executora para que tudo ocorra conforme previsto no cronograma, além de primarmos pela segurança, tanto dos trabalhadores quanto por quem transita nas proximidades onde acontecem os serviços”, afirmou.

LIGAÇÕES DOMICILIARES

Outra frente de serviço que segue em andamento é da implantação de ligações domiciliares, que já conta com 420 ligações instaladas no perímetro urbano do município. O objetivo, conforme contrato, é que sejam feitas 3.080 instalações no perímetro urbano de Jaru. Um benefício que chegará nas torneiras das residências do município.

O titular da Seosp, Elias Resende, avalia o avanço das obras como um marco para o município. “Estamos falando de algo histórico para essa cidade, algo que parecia estar distante da realidade de muitos, agora, está ganhando forma”, salientou.

LIGAÇÕES A CUSTO ZERO

As ligações domiciliares podem ser feitas mediante solicitação do morador junto à Companhia de Águas e Esgotos (Caerd), totalmente gratuitas. “É de crucial importância que o cidadão faça a sua solicitação, pois dessa forma, os serviços e os benefícios ganham mais celeridade”, destacou a engenheira fiscal, Adrian Alves.