Ação “Fecha Laudo” realiza 18 diagnósticos em primeiro dia de atendimento em Porto Velho

63

Na segunda-feira (8) iniciou a 3ª edição da ação “Fecha Laudo”, em Porto Velho, no Centro de Reabilitação de Rondônia (Cero), onde foram realizados diagnósticos de 18 crianças. Os atendimentos oferecem acesso à saúde, benefícios e encaminhamento para terapias que melhorem a qualidade de vida das crianças com transtornos de neurodesenvolvimento.

A mãe atípica, Evelyn Caroline destacou sobre a importância da ação para crianças e pais que aguardam pelo atendimento. “Nós sabemos o quanto é caro uma consulta com um profissional neuropediatra na rede privada e conseguir esse serviço para meu filho, é um alívio imenso, quero parabenizar todos que possibilitaram o acontecimento dessa ação”, evidenciou. 

Com o total de 18 atendimentos, foram diagnosticados:

  • 1 paciente com Transtorno do Espectro Autista nível 3;
  • 1 paciente com Transtorno do Déficit Intelectual;
  • 2 pacientes com Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade e Transtorno do Déficit Intelectual;
  • 5 pacientes com Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade e Transtorno do Espectro Autista;
  • 6 pacientes com Transtorno do Espectro Autista nível 2;
  • 1 paciente com Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade e Transtorno do Espectro Autista nível 1; e
  • Em investigação, apenas 1. 

Para o titular da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Jefferson Rocha, a ação é uma medida da gestão estadual para oferecer acesso à saúde e benefícios diretos para dinamizar os atendimentos  de famílias atípicas. 

O governador em exercício de Rondônia, Sérgio Gonçalves reforça a importância da ação que facilita o acesso ao diagnóstico. “Quanto mais rápido a família tomar conhecimento, o tratamento será mais efetivo para que a criança consiga se desenvolver melhor, isso pode incluir serviços de educação especial, terapia ocupacional, fonoaudiologia, apoio psicológico, dentre outros”, afirma.