‘Gatinho aventureiro’ viaja quase 300 km até o DF escondido em motor de carro

Filhote entrou no carro na Chapada dos Veadeiros (GO) e foi descoberto em Brasília quando família chegou em casa e cadela ficou inquieta com "algo a mais" no veículo. Animal não se feriu e está para adoção.

79

Um filhote de gato viveu uma grande aventura no último domingo (3). Escondido no compartimento do motor do carro de um casal do Distrito Federal, ele viajou 280 km da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, até Brasília.

Apesar da longa viagem e dos riscos de se machucar ou cair na estrada, o gatinho chegou sem nenhum ferimento😺.

Scheila Moreira, de 61 anos, conta que ela e o marido Francisco estavam hospedados em um chalé na Cachoeira Poço Encantado, onde havia muitos gatos. Ela diz que eles chegaram a conferir o motor do carro antes de sair porque sabiam que os felinos podem se esconder em pequenos espaços.

“A gente olhou tudo, fizemos barulho para ver se tinha algum bicho. Não escutamos nenhum miado. Ele é bem pequenininho. Não sei se ficou quietinho porque estava assustado, porque ele é bem miudinho mesmo”, conta Scheila. 

A filha do casal, Tiffany, de 29 anos, diz que eles só descobriram o gatinho porque a cadela da família ficou agitada com alguma coisa no motor do carro. “Prendemos ela e fomos procurar o que poderia ser, mas não achamos nada. Tarde da noite ouvimos um miado e procuramos novamente, mas não conseguimos encontrar”, diz.

Quando amanheceu, na segunda-feira (4), o pai de Tiffany ficou imitando miados perto da roda do carro e o gatinho finalmente “respondeu” 😻.

“Colocamos comida por baixo do carro pra guiar ele e procuramos um espaço pra tirar ele de lá”, conta Tiffany. 

Como a família tem muitos cachorros, Tiffany conta que a aventura agora é buscar um lar para o gatinho, que ainda não tem nome.

Cuidados

Gatinho "viajante" em cima do capô do carro — Foto: Arquivo pessoal

A médica veterinária Thalita Ramos explica que é preciso ter bastante atenção com gatos antes de sair com o carro de casa. Isso porque o motor dos carros costuma ser um local frequente de procura pelos felinos.

“Gatinhos de rua têm esse costume de se esconder nos motores dos carros por conta do frio, e o motor do carro demora um tempo pra esfriar, sendo o local perfeito pra tirar uma soneca. Fora que no motor, teoricamente, eles ficam longe dos perigos da rua, como cães”, diz a veterinária. 

Thalita explica que os riscos para um animal escondido no motor incluem queimaduras severas, além da chance de cair durante o percurso e ser atropelado pelo próprio veículo onde ele buscou abrigo.

“O ideal é dar algumas batidinhas no capô do carro antes de dar a partida. Por conta do susto, eles começam a miar”, recomenda Thalita.