Lombada eletrônica é ativada na avenida Calama

0
97

A Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transporte (Semtran) informou que a lombada eletrônica instalada na avenida Calama, entre as ruas João Goulart e Salgado Filho, no bairro São João Bosco, foi ativada nesta terça-feira (7), com a velocidade máxima permitida de 40km por hora.

“É uma medida que visa trazer mais segurança ao trânsito e melhorar o fluxo de veículos naquele trecho, integrando com outras medidas que a Semtran tem adotado para melhorar a mobilidade urbana da nossa capital”, explicou o secretário da Semtran, Anderson Pereira.

Segundo Anderson Pereira, o objetivo de instalar esses redutores é reduzir acidentes. “Com base em dados integrados de acidentes de trânsito coletados junto ao Samu, Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar de Trânsito, identificamos os trechos com alto índice de acidentes e definimos quais medidas adotar para reduzir essas ocorrências”.

O titular da Semtran informou que entre as soluções possíveis para reduzir os acidentes, estão a implantação de lombadas eletrônicas, sinalização de trânsito, implantação de semáforos, mudanças na geometria da via, e fiscalização do local por agentes de trânsito.

“Neste caso, quando os acidentes são causados por excesso de velocidade ou dificuldade de circulação de pedestres na faixa, por conta desses excessos, as lombadas eletrônicas se apresentam como ótimas soluções, mantendo a fluidez contínua do trânsito, evitando riscos do quebra-mola convencional para desequilíbrio de motocicletas em alta velocidade e trazendo a segurança na eventual parada dos veículos na faixa de pedestres”, acrescentou o secretário.

A Semtran contratou a instalação de lombadas eletrônicas na avenida Raimundo Cantuária, próximo à rua Daniela; na avenida Rio de Janeiro, no trecho entre a rua Piratininga e rua Daniela; e na avenida Duque de Caxias, próximo à rua Joaquim Nabuco.