Babá brasileira é presa nos EUA acusada de matar homem a tiros

Crime aconteceu em fevereiro deste ano; Juliana Peres Magalhães trabalhava como babá para uma família no estado da Virgínia

107

A brasileira Juliana Peres Magalhães, de 23 anos, foi presa, na última quinta-feira (19), acusada de ter matado a tiros Joseph Ryan, de 39 anos, em Reston, na Virgínia, nos Estados Unidos, em fevereiro deste ano.

Em 25 de fevereiro, a polícia local recebeu um chamado para a casa onde Juliana trabalhava como au pair (babá). No local, a dona da casa, Christine Banfield, de 37 anos, foi encontrada em um quarto com facadas na parte superior do corpo. Nas proximidades, Ryan foi encontrada baleado. Ambos morreram.

Segundo as investigações, que duraram quase sete meses, Juliana foi quem atirou em Ryan.