Vídeo: Jaci-Paraná recebe nova Escola Municipal Joaquim Vicente Rondon

Unidade de ensino é maior e melhor aparelhada para receber os estudantes

268

O distrito de Jaci-Paraná acaba de receber mais um investimento em educação. Nesta sexta-feira (11) foi entregue a nova Escola Municipal Joaquim Vicente Rondon que agora funciona em novo endereço e com capacidade para atender 430 alunos por turno.

Projeto foi acompanhado de perto pela Prefeitura e teve a avaliação da Semed em todas as etapas
Projeto foi acompanhado de perto pela Prefeitura e teve a avaliação da Semed em todas as etapas

“Entregar uma escola, nova ou reformada, sempre é motivo para celebrar. A educação continua a ser a principal ferramenta de transformação social e é nosso dever, enquanto gestor público, garantir que os estudantes dos distritos e zona rural tenham a mesma qualidade em ensino e estrutura ofertadas na cidade”, afirmou o prefeito diante a solenidade de entrega.

A nova unidade de ensino foi entregue pela Santo Antônio Energia (SAE) como contrapartida financeira ao município. Ao todo, o local tem 2,8 mil metros quadrados, área 60% maior do que o antigo espaço que abrigava a unidade.

A obra faz parte de um pacote de investimentos que a empresa realizou em Jaci-Paraná em diferentes áreas. Na construção, o empreendimento priorizou a contratação de mão de obra e fornecedores locais.

Alunos da escola vão estrear o novo prédio e recursos dentro dos próximos dias
Alunos da escola vão estrear o novo prédio e recursos dentro dos próximos dias

“Foi um pedido do prefeito para que a SAE investisse R$ 30 milhões da compensação socioambiental diretamente em Jaci. Só aqui na escola, por exemplo, foram R$ 7 milhões que, com certeza, vão revolucionar a educação aqui do distrito”, afirmou Thiago Chiquito, gerente de Obras da SAE.

O desenvolvimento do projeto foi acompanhado de perto pela Prefeitura e teve a avaliação da Secretaria Municipal de Educação (Semed) em todas as etapas para que as diretrizes do Ministério da Educação (MEC) e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) fossem seguidas.

“Essa escola mostra todo o comprometimento do prefeito Hildon com a educação. É uma escola que vai atender a realidade dos nossos alunos, agora mais ampliada e equipada”, acrescentou a secretária da Semed, Gláucia Negreiros.

Davi Muniz está feliz por reencontrar colegas e professores numa escola nova
Davi Muniz está feliz por reencontrar colegas e professores numa escola nova

A escola, que oferece educação infantil, ensino fundamental, educação de jovens e adultos e educação especial, agora passa a contar com 12 salas de aula, biblioteca, pátio amplo para recreação, laboratórios de ciências e informática, refeitório, cozinha integrada, banheiros adaptados com acessibilidade, área administrativa e estacionamento.

Um dos destaques do novo prédio é a sala de recursos multifuncionais que atende a crianças com necessidades espaciais e as que estão em processo de aprendizagem. Antônio André Marcolino é professor especialista na área e explica a importância dos novos recursos.

“Aqui nós trabalhamos com cerca de 22 crianças com diferentes necessidades. Fico muito feliz por saber que elas agora vão contar com os recursos necessários para avançarem. Costumo dizer que um diagnóstico não pode limitar um estudante, mas sim ser ofertado a ele todas as condições para evoluir e se superar”, afirma o professor.

Os alunos da escola vão estrear o novo prédio e recursos dentro dos próximos dias, com o início do segundo semestre letivo. Para quem será diretamente beneficiado com a nova unidade, o reencontro será mais que especial.

“Estudo aqui há três anos e estou no 5º ano. Feliz por reencontrar meus colegas e professores numa escola nova. O local está aprovado. Espero que esse meu último ano aqui seja especial”, finaliza o estudante Davi Muniz, de 10 anos.

Texto: Pedro Bentes
Foto: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)