Vídeo e Texto: Mais de 40 cidades estão com surto de dengue em Rondônia

412

Os casos de dengue não param de crescer em Rondônia. Segundo o boletim epidemiológico da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), 44 cidades do estado estão em surto da doença.

De acordo com o documento, neste ano, mais de 14 mil possíveis casos de dengue foram notificados à Agevisa, sendo que 7.552 foram confirmados em todo o estado. Outros 4.417 descartados e 2.086 continuam em investigação.

O número de mortes chegou a 5 neste ano, de acordo com o boletim epidemiológico.

Dos 52 municípios, 44 apresentam condição de surto para a dengue. As cidades de Buritis, Candeias do Jamari, Castanheiras, Nova União, Ouro Preto D’Oeste, Porto Velho e Urupá, estão em alerta para a doença.

Apenas o município de São Francisco do Guaporé está em um quadro satisfatório.

Dados entre julho de 2022 e abril de 2023

Em uma análise por período mais longo, o caso é ainda pior. Foram 25 mortes por dengue em todo estado, entre julho de 2022 e abril de 2023. A cidade que mais registrou óbitos para a doença foi Cacoal com 5 vidas perdidas, seguida de Nova Brasilândia, com 3 mortes e Porto Velho também com 3.

Outro cenário apontado pelo boletim é o número de casos nesses pouco mais de nove meses. O município de Vilhena é o mais atingido pela doença. Foram mais de 2.050 pessoas positivas para a doença.

Na segunda posição do ranking aparece Jaru, com 1.823 casos de dengue confirmados. Pimenta Bueno teve 981 pessoas com a doença em todo esse período.

Ao todo, o estado de Rondônia registrou 12.187 casos de dengue entre julho de 2022 e abril de 2023.