Governo de Rondônia vai sediar 1ª edição da Mostra Indígena de Arte e Cultura

376

O Governo do Estado de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Educação – Seduc, realizará na terça-feira (18), a 1ª edição da Mostra Indígena de Arte e Cultura – Maloca 2023. O evento é executado pela Diretoria Geral de Educação – DGE e Coordenadoria de Educação Física, Arte, Cultura e Esporte Escolar, por intermédio da Gerência Arte e Cultura Escolar – Gace, Gerência de Educação Escolar Indígena – GEEI e das Coordenadorias Regionais de Educação – CREs Indígena, além da parceria com a Fundação Cultural do Estado de Rondônia – Funcer e Secretária Estadual de Turismo – Setur.

A Mostra Indígena faz parte das ações desenvolvidas dentro do Festival Estudantil Rondoniense de Artes – FERA. Serão atendidas 20 escolas indígenas, com vagas para 80 alunos/artistas, 20 professores e 13 representantes das Coordenadorias Regionais de Educação – CREs Indígena. A mostra vai iniciar a partir das 14h, do dia 18, na sede do Memorial Rondon, localizada na Estrada do Santo Antônio, n° 4863.

Segundo a secretária de Estado da Educação, Ana Lúcia Pacini, o objetivo é difundir as artes no contexto escolar, proporcionando o intercâmbio entre alunos/artistas indígenas da Rede Estadual de Educação, nas diversas linguagens artísticas. “Queremos incentivar a produção artística indígena de grande porte, contribuindo para experiências dos estudantes como performers, em um contexto mais amplo do que a produção feita em sala de aula ou outro ambiente apropriado”, destacou.

O governador de Rondônia, Marcos Rocha acrescentou sobre a relevância de a Seduc oportunizar uma mostra indígena de arte e cultura. “Promover intercâmbio escolar das diferentes produções artísticas, realizadas nas escolas indígenas, vai possibilitar a troca de saberes entre pesquisadores, arte-educadores e estudantes indígenas. Este evento é a oportunidade que o Estado, por intermédio da Seduc, quer estabelecer e consolidar para realização de debates, formação artística e trocas de opiniões, reconhecimento de atividades artísticas que acontecem e contribuem para a formação integral dos estudantes indígenas”, apontou.

Ainda de acordo com a secretária, a categoria para atendimento individual ou grupo, se dará a partir dos 12 anos, para todos os segmentos: música, dança, cinema, fotografia, pintura/desenho, performance livre. “Todas as categorias terão temas livres, porém, preferencialmente com foco na arte tradicional de sua etnia”, explicou Ana Pacini.

 PROGRAMAÇÃO

Maloca – Mostra Estudantil de Arte e Cultura Indígena

Local: Memorial Rondon

1º DIA – 18/4/2023 (terça-feira)

Período: tarde, das 14h às 18h – Cerimônia de abertura no Memorial Rondon (fala das autoridades, professores indígenas e alunos);

Local: Teatro Guaporé

2º DIA – 19/4/2023 (quarta-feira)

Período: tarde, às 14h – Apresentações artísticas, aberto à comunidade.