Obra de revitalização no Espaço Alternativo avança

Serão substituídos 700 pontos de luz e todo o cabeamento

153

A obra de revitalização da iluminação no Espaço Alternativo em Porto Velho segue com cerca de 30% do serviço já executado. Com a chegada do material necessário, a Empresa de Desenvolvimento Urbano (Emdur) pretende empregar uma equipe maior no local para dar mais celeridade ao trabalho.

A obra inclui a troca de 700 pontos de luz, trocando as lâmpadas de vapor metálico para LED. O serviço foi dividido em etapas: implantação de rede de baixa tensão, braço de luminárias de 4m e luminárias LED de 120W na lateral direita (sentido aeroporto); construção de rede subterrânea e implantação de postes de ferro e luminárias LED de 70W na calçada da lateral esquerda (sentido Centro) entre a ciclovia e calçada de passeio; substituição de rede e luminárias no canteiro central por luminárias LED de 120W, além da substituição de postes danificados.

Emdur pretende empregar uma equipe maior para dar ainda mais celeridade ao serviço

Um cuidado que gera mais trabalho na execução da obra é a concretagem do novo cabeamento para se evitar furtos. “Ainda assim nós reforçamos o pedido à população para quando presenciar qualquer ato suspeito, como pessoas sem uniforme no poste, cavando buracos próximo ou qualquer outra ação semelhante, para que denunciem acionando a Polícia Militar, no 190, ajudando assim a fiscalizar”, lembrou Gustavo Beltrame, presidente da Emdur.

O investimento está sendo custeado com recursos repassados pelo Governo do Estado, através do Programa Governo na Cidade. Para a parceria, a Prefeitura de Porto Velho, por meio da Emdur, apresentou o projeto de revitalização da Iluminação, incluindo a iluminação das laterais, recebendo assim os valores necessários para a execução da obra.

Gustavo Beltrame pede à população que denuncie os crimes de furtos do patrimônio

Além de melhorar a luminosidade do local, fator importante contra assaltos, atropelamentos ou outros acidentes nas vias públicas, a substituição vai proporcionar economia de energia e consequentemente de recursos para os cofres públicos, em torno de 60% de economia para o Governo de Rondônia, responsável pelo pagamento do consumo, pois o local tem medidor próprio. Existe ainda a vantagem ambiental devido à ausência de radiação dos metais pesados, utilizados nas iluminações tradicionais.

A iluminação de LED também requer menos manutenção, já que a vida útil é maior que a das lâmpadas de vapor de mercúrio, por exemplo. O presidente da Emdur, Gustavo Beltrame, pede ainda paciência à população e reforça que o prazo de entrega depende dos fatores climáticos, já que a Norma Regulamentadora nº 10 (que estabelece os requisitos e condições mínimas sobre as medidas de controle e de sistemas preventivos que garantem a segurança e a saúde dos trabalhadores eletricistas que interajam diretamente, ou indiretamente, em instalações elétricas ou quaisquer outros serviços que envolvam eletricidade) determina um prazo de quatro horas após a chuva para execução de qualquer serviço.