Vídeo: Deputada Cláudia de Jesus destaca que seu mandato é uma ferramenta de fazer políticas públicas

A deputada destacou sua experiência na política, sendo secretária municipal de Agricultura e Pecuária e vereadora de Ji-Paraná.

166
video
play-sharp-fill
Cláudia de Jesus (PT), única parlamentar estadual de esquerda, tomou posse na última quarta-feira (1º) como deputada na Assembleia Legislativa do Estado do Rondônia (Alero) para fazer políticas públicas sociais. Durante seu discurso de cerimônia de posse, ela reafirmou seu compromisso político. “Eu venho fazer debate e lutar por justiça social, pela família, pelos negros, pelos índios, pelas pessoas excluídas dessa sociedade. É esse o papel da esquerda, defender as pessoas que mais precisam de políticas públicas. E, hoje tem sim, um presidente da república que foi injustiçado, que fez o seu trabalho importante e agora veio para governar o País”, disse.

A deputada destacou sua experiência na política, sendo secretária municipal de Agricultura e Pecuária e vereadora de Ji-Paraná. “Por onde eu passei, na minha cidade Ji-Paraná, sempre trabalhei com muita dignidade e com esse propósito, chego à Casa de Leis de Rondônia. Não cheguei porque sou querida e educada. Eu cheguei porque, por onde passei, eu fiz luta e lutei pelas pessoas”, enfatizou.

Cláudia de Jesus agradeceu a todos que a ajudaram durante a campanha eleitoral. “Eu quero agradecer, primeiramente, a Deus pela vida e tantos cuidados comigo e com as pessoas que eu amo. Aos meus eleitores que estiveram comigo nessa caminhada. Quero agradecer a minha família, em nome dos meus pais Anselmo de Jesus e Maria do Carmo. Não poderia deixar de registrar a participação dos movimentos organizados na minha campanha”.

Para finalizar, ela disse que pedirá ajuda ao atual presidente da república, Lula, para as questões do estado de Rondônia. “Não tenham dúvida que esse presidente ajudará o nosso Estado. Digo aqui, ao governador Marcos Rocha, que Cláudia de Jesus e meu partido iremos sim, bater na porta do presidente para pedir apoio ao nosso Estado porque entendemos que é importante”, finalizou.