Dia Mundial do Queijo: conheça queijos mineiros premiados internacionalmente

Minas Gerais tem 15 regiões caracterizadas como produtoras de queijos artesanais.

29

Para celebrar o Dia Mundial do Queijo, comemorado nesta sexta-feira (20), o g1 preparou uma seleção de 10 queijos produzidos em Minas Gerais reconhecidos e premiados internacionalmente.

O estado tem 15 regiões caracterizadas como produtoras de queijos artesanais. Dez fazem o Queijo Minas Artesanal, produzido com leite de vaca cru, sem pasteurização, seguindo processos tradicionais de confecção – Araxá, Canastra, Campos das Vertentes, Cerrado, Serra do Salitre, Serro, Triângulo Mineiro, Serras da Ibitipoca, Diamantina e Entre Serras da Piedade ao Caraça.

Cinco regiões são produtoras de outros tipos de queijos artesanais (Alagoa, Mantiqueira, Jequitinhonha, Vale do Suaçuí e Serra Geral).

Conheça um pouquinho de alguns premiados abaixo e prepare a faca, porque o queijo já está na mão:

🧀 Queijo Lua Cheia

Queijo Lua Cheia, do Laticínio Serra das Antas — Foto: Estúdio Cumaru/ Instagram/ Reprodução

O Lua Cheia, produzido pelo Laticínio Serra das Dantas, em Bueno Brandão, é um queijo com um maior teor de gordura e coberto com uma fina camada de carvão vegetal. É maturado por três semanas e tem a textura aveludada e muito cremosa. Possui um sabor suave, amanteigado e um pouco doce. Conquistou a medalha super ouro do World Cheese Awards 2022.

🧀 Queijo Azul da Mantiqueira

Queijo Azul da Mantiqueira, da Laticínios Paiolzinho — Foto: Queijaria Di Minas/ Instagram

Com um aroma intenso, o Azul da Mantiqueira, da Laticínios Paiolzinho, de Cruzília, conquistou a medalha de ouro no World Cheese Awards 2022. A massa tem o dobro de cremosidade do queijo gorgonzola.

🧀 Lendário da Generosa

Lendário da Generosa, de Andrelândia — Foto: Fazenda Generosa/ Divulgação

Produzido na Fazenda Generosa, de Andrelândia, o Lendário da Generosa é um queijo de média maturação. Ele fica descansando por 40 dias e é virado diariamente. Possui notas frutadas, textura macia e sabor suave. Ganhou a medalha de prata no World Cheese Awards 2022.

🧀 Queijo Maria Fumaça

Queijo Maria Fumaça, da Fazenda Bom Sucesso — Foto: Fazenda Bom Sucesso/ Instagram

Queijo com notas de oliva, o Maria Fumaça é produzido pela Fazenda Bom Sucesso, em Itanhandu. Curado por um ano, é quebradiço e apresenta cristais de tirosina. Em 2022, venceu na categoria “queijos de leite de vaca com mofo branco na casca maturados” do Concurso Internacional do Queijo Artesanal realizado em Araxá.