Opala, pedra preciosa descoberta pela Nasa em Marte, é encontrada em apenas dois lugares da Terra

A cidade de Pedro II, no Piauí, é um dos locais de extração. O mineraloide, descoberto pelo astromóvel Curiosity na cratera Gale, é composto em parte por H₂O e pode, caso moído e submetido ao calor, liberar sua água.

32

A Nasa, agência espacial norte-americana, encontrou opala em Marte. A descoberta foi divulgada em artigo científico publicado no fim de dezembro e representa uma vantagem em futuras investidas humanas no planeta. Isso porque a pedra preciosa é composta em parte por H₂O e pode, caso moída e submetida ao calor, liberar sua água.

Na Terra, em sua forma multicolorida, esse mineraloide só é encontrado na Austrália e no Piauí, mais especificamente na cidade de Pedro II, 206 km ao Norte de Teresina, onde, segundo pesquisadores, apenas 10% da opala foi explorada (leia abaixo mais detalhes).