Dina Boluarte assume a presidência do Peru após impeachment de Pedro Castillo

Cerimônia de diplomação aconteceu poucas horas depois da cassação de Castillo na tarde desta quarta-feira, 7

59

Dina Boluarte assumiu a presidência do Peru nesta quarta-feira (7), tornando-se a primeira mulher a liderar o país. A nova presidente fez o seu juramento no Congresso poucas horas depois a destituição de Pedro Castillo por “incapacidade moral” em a uma tentativa frustrada de golpe de Estado.

Em seu primeiro discurso como presidente do Peru, Boluarte falou sobre a “enorme responsabilidade” do cargo, pedindo “diálogo” e “trégua política para instalar um governo de unidade nacional”. Ela também anunciou  a sua primeira medida como presidente ao pedir apoio do Ministério Público para investigar e combater a corrupção dentro do governo.

video
play-sharp-fill
O pedido de impeachment de Castillo foi aprovado no início desta tarde após  o presidente ter anunciado a dissolução do Parlamento e a instauração, sem sucesso, de um governo de emergência no país. Castillo foi preso após deixar o Palácio Presidencial, acompanhado da primeira-dama, Lilia Paredes.

Antes de ser diplomada, Dina Boluarte usou o Twitter para repudiar a tentativa de golpe de Castillo: “Repudio a decisão de Pedro Castillo de praticar a quebra da ordem constitucional com o fechamento do Congresso. Trata-se de um golpe de Estado, que agrava a crise política e institucional que a sociedade peruana terá que superar com apego estrito à lei”, escreveu.