Detidos durante encontro neonazistas em SC têm prisões preventivas decretadas

Eles haviam sido presos em flagrante na segunda-feira em São Pedro de Alcântara. Grupo é suspeito de integrar célula neonazista interestadual.

70

Os oito homens flagrados pela polícia de Santa Catarina durante um encontro de neonazistas tiveram as prisões em flagrantes convertidas em preventivas, informou o delegado Arthur Lopes, responsável pelo caso. Eles haviam sido detidos na segunda-feira (14) e a audiência de custódia ocorreu na tarde de terça (15).

O grupo é suspeito de integrar uma célula neonazista interestadual com ligação internacional. Os oito homens estavam reunidos em um sítio em São Pedro de Alcântara, na Grande Florianópolis, para participar de um encontro anual, quando foram localizados pela Polícia Civil.

Entre os presos, há o integrante de um grupo skinhead internacional, conhecido por ser intolerante e de extrema direita. Os nomes dos homens não foram informados. Todos eles ficarão presos em Santa Catarina.