Governadores de RJ e SP mandam PM liberar rodovias federais

Bolsonaristas contrários ao resultado das eleições fazem centenas de interdições ilegais em vias de todo o país.

52

Os governadores dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo determinaram que a PM atue para liberar as rodovias no país bloqueadas por manifestantes bolsonaristas.

O governador reeleito do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL) afirmou que deu ordem para que o Batalhão de Choque da Polícia Militar desobstrua as estradas, em apoio à Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Em uma rede social, Rodrigo Garcia, governador de São Paulo, considerou os bloqueios nas rodovias paulistas inadmissíveis e disse que o MP e a PM foram acionados para que as vias sejam desbloqueadas.

Nesta terça-feira (1º), o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), reiterou que as polícias militares dos estados são capazes de desobstruir rodovias federais bloqueadas e identificar, multar e prender os responsáveis.

Normalmente isso cabe a PRF, mas o STF determinou que a PM possui “plenas atribuições constitucionais e legais para atuar” na questão.

Veja, abaixo, o que dizem governadores que já se manifestaram sobre o uso da PM para desobstruir rodovias.

São Paulo

“Bloqueio de estradas é inadmissível. As pessoas têm o direito de ir e vir”, afirmou Rodrigo Garcia, em postagem no Twitter.