Artemis I: Nasa adia lançamento da missão histórica de volta à Lua

Expectativa é que lançamento ocorra na próxima sexta-feira (2). Problema em um dos motores do megafoguete atrasou a missão.

48

A contagem regressiva nem começou e a missão Artemis I, da Nasa, que devia dá início na manhã desta segunda-feira (29) ao primeiro passo do programa que promete retornar humanos à Lua foi cancelada.

Pelo menos, por enquanto. A expectativa é que lançamento ocorra agora na próxima sexta-feira (2) ou, se novos problemas acontecerem, no dia 5 de setembro.

Enquanto diversos espectadores aguardavam o lançamento do “mais poderoso foguete” construído pela agência espacial, o Space Launch System – SLS (em português, Sistema de Lançamento Espacial), o relógio que indicava os minutos até o lançamento da missão ficou parado por cerca de 30 minutos para uma avaliação de problemas técnicos.

Mais cedo, em uma rede social, a Nasa informou que os engenheiros da agência estavam avaliando um problema com o hidrogênio líquido no motor de número 3 do megafoguete.

No entanto, perto das 10h no horário de Brasília foi quando a transmissão oficial da Nasa confirmou que o lançamento seria adiado.

Segundo a agência espacial, apesar dos problemas técnicos, o megafoguete Space Launch System – SLS (em português, Sistema de Lançamento Espacial) permanece com suas configurações “estáveis e seguras”.

Embora a primeira missão não tenha tripulação, o SLS é o primeiro foguete da agência, preparado para tripulantes, lançado à Lua em quase 50 anos.

Por isso, se tudo ocorrer como planejado da próxima vez, a expectativa é que em 2025, esse mesmo megafoguete leve astronautas de volta ao solo lunar, incluindo a primeira mulher e a primeira pessoa negra.