Portugal prepara viagem do coração de D. Pedro I para o Brasil; cientistas protestam

Relíquia foi emprestada ao governo brasileiro para celebrações dos 200 anos da Independência do Brasil. Especialistas criticam translado por conta de custos e riscos.

58

O coração de D. Pedro I, que Portugal decidiu emprestar ao Brasil para a comemoração dos 200 anos da Independência, vai sair da cidade portuguesa do Porto na noite de domingo (21). A relíquia chega a Brasília na segunda-feira (22), em um traslado que desagradou muitos cientistas.

A viagem vai ser feita pela Força Aérea Brasileira. A primeira parada é no Palácio do Planalto.

“O coração do nosso D. Pedro será recebido com honras de chefe de Estado, com salvas de canhão e escoltado pelos Dragões da Independência, ficará fora cerca de 20 dias, mas vai regressar com mais reconhecimento e admiração por parte do povo brasileiro”, afirmou o presidente da prefeitura local, Rui Moreira.