Jair Renan diz apanhar da mãe e que Bolsonaro faz “terror psicológico”

Ao comentar sobre convivência com o pai, filho do presidente disse que Bolsonaro o "prendia" muito, o que era motivo de "desavença"

107

Jair Renan, quarto filho do presidente Jair Bolsonaro (PL), fruto do casamento com Ana Cristina Valle, disse que apanha da mãe e que o pai faz “terror psicológico” com ele.

A declaração foi ao ar nessa quinta-feira (30/6), durante o podcast de Jair Renan, “Zer04”. No programa, Jair Renan recebeu o cantor Negão da BL. Na conversa, eles falaram sobre a relação entre pais e filhos.

“Minha mãe me bate e ele [meu pai] faz terror psicológico. Eu prefiro que me bata do que faça minha cabeça, falar no meu ouvido. Aquilo que eu fico duas semanas pensando no que ele falou”, relatou.

Ao comentar sobre a convivência com o pai, o filho de Bolsonaro disse que o chefe do Executivo federal o “prendia” muito, o que era motivo de “desavença” e “briga” entre os dois.

“Meu pai me prendia muito. Fui conhecer o mundo de 16 para 17 anos, [antes era] só desavença, só brigava comigo, só fazia merda também. Até hoje, tive oportunidade de fazer muita merda, não perdi nenhuma! Hoje em dia sou mais centrado. Hoje em dia vejo o exemplo que ele e minha mãe queriam dar para mim”, declarou Jair Renan.

“Depois que terminou o casamento com meu pai, minha mãe foi morar fora. Fiquei cinco ou seis anos com meu pai. Hoje moro com ela”, completou.