Povo questiona abandono de hospital em cidade que pagaria show de Gusttavo Lima

Hospital municipal de Conceição do Mato Dentro deveria ter sido concluído há mais de um ano

121

Em meio à polêmica com os gastos milionários com shows de artistas em Conceição do Mato Dentro, no Alto Jequitinhonha, algo tem irritado moradores da cidade entrevistados pelo O TEMPO: as obras abandonadas de um hospital.

Na última semana, veio à tona que a Prefeitura Municipal fechou contratos na ordem de R$ 2,34 milhões com famosos. O contrato de maior valor era o de Gusttavo Lima (R$ 1,2 milhão). Após diversos questionamentos, o show foi cancelado.

Enquanto isso, em uma das paredes do hospital que já era para estar pronto, é possível ver que a obra teve início em 10 de julho de 2019. A previsão para o término é de 18 meses, ou seja, a unidade deveria ter sido entregue há mais de um ano. O valor da obra é de quase R$ 10 milhões.

Esse será o primeiro hospital da prefeitura. Atualmente, a cidade conta com o Hospital Imaculada Conceição, com o qual o município tem um convênio, e com uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Resposta

Em nota, a prefeitura de Conceição do Mato Dentro afirma que a paralisação da obra ocorreu em 20 de maio deste ano. Segundo o executivo municipal, o contrato com a empreiteira responsável foi encerrado e, no momento, a construção está parada aguardando novo processo de licitação.

Leia a nota na íntegra

A Prefeitura de Conceição do Mato Dentro informa que a obra do Hospital Municipal, com previsão inicial de conclusão no segundo semestre de 2021, teve o contrato com a empreiteira responsável encerrado. 

Devido à pandemia da Covid-19, houve um aumento exorbitante no preço dos materiais de construção, o que não estava previsto no orçamento inicial. Portanto, no momento, a construção encontra-se paralisada aguardando o novo processo de licitação. 

Informamos ainda que toda a estrutura da edificação encontra-se intacta, sem nenhum problema estrutural. O reinício da obra está previsto para outubro deste ano e o novo prazo de entrega para outubro de 2023. 

A obra conta com vigilantes 24h por dia, incluindo fins de semana e feriados.