Rússia faz ameaça velada à Finlândia e à Suécia, que estudam ingressar na Otan: ‘Demos os nossos avisos’

Suécia e Finlândia estudam a possibilidade de aderir à Otan, especialmente depois da invasão da Ucrânia por tropas russas.

86

A Rússia fez ameaças veladas na quarta-feira (20) à Finlândia e à Suécia, que estudam a possibilidade de ingressar na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

“Nós demos os nossos avisos, tanto publicamente como pela via dos canais bilaterais; eles (os dois países) sabem disso, então não há surpresas. Eles foram informados sobre tudo, sobre o que (uma eventual adesão à Otan) vai acarretar”, disse Maria Zakharova, uma porta-voz do Ministério de Relações Exteriores do governo da Rússia. As informações são da agência de notícias russa Tass.

Segundo ela, a Otan está tentando atrair os dois países: “Protegida pelos Estados Unidos, Bruxelas (uma referência à Otan) está puxando a Suécia e a Finlândia para dentro de suas estruturas”.

Os governos dos dois países passaram a considerar o ingresso na Otan após a ofensiva militar russa contra a Ucrânia.

Encontro de Ministros das Relações Exteriores dos países da Otan, em Bruxelas — Foto: ASSOCIATED PRESS

A Finlândia, que compartilha cerca de 1.300 quilômetros de fronteira com a Rússia, decidirá “em algumas semanas” se pedirá adesão à aliança, segundo seu primeiro-ministro. A Suécia não descarta a opção, mas parece estar tomando uma posição mais cautelosa por enquanto.

Outros recados dos russos

Na semana passada, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia afirmou que a adesão da Finlândia e da Suécia à Otan traria “consequências” para esses países e para a segurança europeia.