Vacinação contra a gripe inicia segunda-feira (4) para 65 mil pessoas

Serão contemplados, inicialmente, quem tem 60 anos ou mais e profissionais da saúde

76

A campanha de vacinação contra a gripe em Porto Velho inicia na próxima segunda-feira (4) nas unidades básicas de saúde do município e no Porto Velho Shopping. O anúncio foi feito pelo prefeito Hildon Chaves em entrevista coletiva nesta quarta-feira (30).

Na ocasião, ele explicou que serão imunizadas, inicialmente, as pessoas com mais de 60 anos e os trabalhadores da saúde. Quem não completou o ciclo da vacina contra a covid-19 poderá receber o imunizante também durante a ação.

Cerca de 60 mil idosos e 25 mil trabalhadores da saúde devem ser atendidos nesta etapa da vacinação contra a gripe. Posteriormente, outros grupos serão incluídos até que toda a população tenha sido protegida contra o vírus.

Simultaneamente, iniciará também a vacinação contra o sarampo para crianças de seis meses a cinco anos. A campanha também contempla os profissionais da saúde, que serão atendidos nos hospitais públicos e privados.

Segundo a secretária municipal de saúde, Eliana Pasini, a proteção contra o vírus influenza é necessária para evitar casos de internação e até óbitos, como os que ocorreram no início do ano em Porto Velho.

Prefeito voltou a lembrar da importância da vacinação infantil

CRIANÇAS

Hildon Chaves chamou a atenção para o baixo índice de crianças vacinadas contra a covid-19. Apenas 30% deste público recebeu a 1ª dose. “Não faz sentido os pais estarem imunizados e as crianças não. Precisamos atender todo o grupo familiar”, afirmou.

Eliana Pasini destacou que o uso de máscaras foi tornado opcional, mas ainda faz parte do protocolo vigente nas unidades de saúde. Ela também recomendou o acessório para as pessoas com sintomas gripais. “É uma proteção para as pessoas mais próximas”, explicou.

Já para a secretária-adjunta da Semusa, Marilene Penati, a vacinação contra o sarampo deve merecer a atenção especial dos pais. “A doença já estava erradicada no país, mas retornou. E só com vacina nossas crianças estarão protegidas”, recomendou.

A gerente de imunização da Semusa, Elizeth Gomes, destacou que todas as equipes de vacinadores serão capacitadas antes de iniciar a campanha. No treinamento serão esclarecidas dúvidas que podem surgir durante o atendimento. “Não haverá vacinação na sexta-feira (1) para que nosso pessoal possa participar do curso”, finalizou.

Texto: Semusa
Foto: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)