Período chuvoso obriga Porto Velho a diminuir ritmo de serviços na rede elétrica

Medida segue orientação do Ministério do Trabalho e Emprego

102

Em decorrência do atual período chuvoso, as equipes de iluminação da Empresa de Desenvolvimento Urbano (Emdur) são obrigadas a diminuir o ritmo de serviços de manutenção na rede elétrica em Porto Velho. A determinação é do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

A pasta segue a Norma Regulamentadora nº 10, determinada pelo (MTE), que estabelece os requisitos e condições mínimas sobre as medidas de controle e de sistemas preventivos que garantem a segurança e a saúde dos trabalhadores eletricistas que interajam diretamente, ou indiretamente, em instalações elétricas ou quaisquer outros serviços que envolvam eletricidade.

Segundo o presidente da Emdur, Gustavo Beltrame, dez equipes foram redistribuídas em três turnos de trabalho, a fim de garantir a continuidade dos serviços de iluminação da capital, porém, as equipes ficam impossibilitadas de efetivar os serviços por conta dos riscos que envolvem as execução dos trabalhos.

Redução temporária segue orientação do MTE

“Mesmo que chova meia hora, a norma determina que os profissionais atuem somente quatro horas após a chuva cessar, isso porque todo o ambiente onde o eletricista vai trabalhar pode estar energizado, uma vez que a água é um forte condutor de descarga elétrica. É a vida do profissional que está em jogo”, destaca o titular.

Os serviços de manutenção do sistema elétrico de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica envolvem trabalhos de alta e baixa tensão com elevado risco à vida. Por ser um trabalho minucioso, este tipo de trabalho requer alto grau de atenção e um comportamento diferenciado por parte dos trabalhadores que o realizam.

Por mais que as atividades dos eletricistas de iluminação pública seja na rede de baixa tensão, os riscos de acidentes e mortes são grandes. As medidas tomadas pela Emdur são embasadas conforme as determinações delegadas pelo técnico de segurança do trabalho e engenheira eletricista responsável pelo setor de iluminação pública.