Acre: Governo entrega equipamentos para casa de farinha mecanizada em Xapuri

O total de investimentos do programa é de aproximadamente R$ 2 milhões

106

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e das Políticas Indígenas (Semapi) entregou mais equipamentos dentro do Programa de Incremento Comunitário (IPC) na manhã deste sábado, 12, em Xapuri. O total de investimentos do programa é de aproximadamente R$ 2 milhões e a Associação dos Produtores do Polo Agroflorestal da Estrada da Borracha (ASPAEB) recebeu mais de R$ 100 mil em equipamentos para funcionamento de uma casa de farinha e goma mecanizada.

A comunidade terá acesso a tecnologias para facilitar o trabalho e aumentar a produtividade. Foram entregues forno elétrico, prensa manual, crivador de extrair goma, lavador de mandioca, balança, ralador, caixa de fibra, máquina seladora (empacotadeira), motobomba, freezer duas portas horizontal e mesa Inox.

A comunidade agradeceu o apoio do Estado. O secretário de Estado do Meio Ambiente Israel Milani disse que as melhorias para as comunidades foram tratadas como prioridade na gestão. “Estamos vendo quais são as dificuldades, andando nos ramais, conversando com as famílias. Nossa equipe técnica foi incansável nesse diagnóstico e ao ver o estímulo das pessoas com a chegada desses equipamentos a gente sente que nosso dever vem sendo cumprido”.

Além do secretário, participaram da solenidade de entrega a deputada federal Vanda Milani, o deputado estadual Manoel Morais, a vice-prefeita de Xapuri, Maria Morais, a prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem, além de vereadores e representante do deputado estadual Antônio Pedro. Uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde de Xapuri aproveitou a oportunidade para vacinar os comunitários e autoridades presentes.

De acordo com o associado Raimundo Pedro Anorio da Silva, será possível produzir mil quilos de goma por dia. “Se tiver matéria prima, uma casa de farinha dessas a gente consegue produzir mil quilos de goma por dia, que vendida a cinco reais, podemos ter um rendimento de vinte mil reais por semana”, destacou.

O investimento é do Programa de Saneamento Ambiental Integrado e Inclusão Socioambiental do Acre (Proser), financiado pelo Banco Mundial (Proser). Dentro do IPC já foram beneficiadas comunidades nos municípios de Capixaba, Bujari, Plácido de Castro, Brasileia e agora Xapuri.

A presidente da associação, Aparecida Imaculada Dayvid, garantiu que vai mobilizar a todos para o aumento da produtividade na casa de farinha. “Nós recebemos com muito orgulho e agradecemos ao secretário Israel pela sensibilidade. Somente através de parcerias, como essa do governo e do Banco Mundial é que a gente consegue avançar”, pontuou.