“Operação Enem” da Polícia Militar vai reforçar segurança durante aplicação de provas em Rondônia

53

Visando reforçar a segurança para a aplicação das provas presenciais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que vão acontecer nos dias 21 e 28 de novembro, a Polícia Militar de Rondônia (PMRO) montou um planejamento estratégico que será utilizado nos dias de aplicação das provas.

Em Rondônia, 28.705 estudantes vão participar do exame e em todo o Brasil, serão mais de três milhões de inscritos, de acordo com dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Governo Federal.

Segundo o coordenador de comunicação da Polícia Militar, major pm Alex Miranda, o plano estratégico elaborado segue os padrões que foram executados em anos anteriores, com a missão de escolta das provas para todo o Estado, além do policiamento ostensivo, executado ao redor das escolas durante a execução das provas.

“A Polícia Militar estará trabalhando com o efetivo que atua não somente no operacional, mas também na área administrativa, sendo um reforço geral do policiamento. Cada unidade é responsável pelo planejamento em suas áreas de atuação, e estará alocando o efetivo de cada unidade”, disse major Miranda.

Sobre o início da operação, Miranda ressaltou que as atividades terão início imediato a partir do momento em que as provas saírem do 5º Batalhão de Engenharia e Construção (BEC), em Porto Velho, com destino as 98 escolas onde o Enem será aplicado no Estado.

O coordenador de comunicação da PMRO explicou ainda que ao redor das escolas, o policiamento será executado de forma móvel, por meio de patrulhas e policiamento fixo, a pé. A Polícia Civil estará dando apoio, atuando em casos de flagrantes de delito.

Major Miranda afirma que o trabalho que será executado durante os dias de provas, é de extrema importância. “Além de ter um policiamento ostensivo dentro das escolas, que dá todo o embasamento para as comissões do Enem trabalhar, também terá o policiamento preventivo ao redor das escolas. Quaisquer tipos de eventuais crimes serão investigados, como furto, roubo a pessoa, entre outros. A presença da policial nas redondezas dos locais de prova, mantém a sensação de segurança com o efetivo maior nas ruas”, finaliza Alex Miranda.