Em área particular, o trabalho é de responsabilidade dos munícipes

129

A arborização da cidade é um benefício à qualidade de vida das pessoas. Mas a existência de árvores exigem cuidados, pois há o crescimento de galhos e podem surgir transtornos, principalmente no período das chuvas. Para evitar prejuízos, a Prefeitura de Porto Velho realiza o serviço de poda, extirpação ou recolhimento de árvores isoladas em vias ou áreas públicas da cidade.

Servidores da Sema realizam retirada de árvore que caiu em via pública
Servidores da Sema realizam retirada de árvore que caiu em via pública

Em área particular, o trabalho é de responsabilidade dos munícipes, ficando à Sema a responsabilidade de emitir a autorização.

Na quinta-feira (11), a equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) atendeu solicitação dos moradores do bairro Pedrinhas, de uma árvore em área pública que havia caído. Prontamente, a equipe foi ao local para retirar a árvore e garantir segurança dos transeuntes.

De acordo com o titular da pasta, Alexandro Miranda Pincer, esse tipo de trabalho faz parte da ação contínua da Secretaria, que por conta do inverno amazônico, com fortes chuvas, há a necessidade de intensificar o serviço, bem como a sua divulgação.

Alexandro Miranda Pincer, secretário da Sema
Alexandro Miranda Pincer, secretário da Sema

“A equipe da Sema realiza um trabalho preventivo nas ruas. O corte ou poda de árvores em locais públicos, como avenidas, ruas, praças e parques, é de competência da Prefeitura. Caso um morador perceba que uma árvore gera transtornos à sua residência, pode nos procurar e fazer a solicitação da autorização para o serviço de poda, garantidas por lei, que são munidas das orientações e responsabilidades para o munícipe e para quem vai executar o serviço”, informou o secretário.

Pincer reiterou que, após o pedido particular da liberação, os técnicos de vistoria da Secretaria fazem uma avaliação, e autorizam ou não a erradicação ou poda, sendo que o serviço de corte e/ou poda e o recolhimento são de responsabilidade do morador. “Uma questão importante é que, se os galhos da árvore estiverem em contato com a rede elétrica (linha viva de energia), o contato deve ser feito imediatamente com a empresa Energisa”.

AUTORIZAÇÃO

A autorização é paga, sendo R$ 16,02 para poda e R$ 20,03 para erradicação, mais a taxa de expediente. A autorização deve ser solicitada diretamente ao Departamento de Proteção e Conservação Ambiental (DPCA) da Sema, através do e-mail [email protected] Já o requerimento ambiental e outras informações estão disponíveis neste link aqui.

Para mais informações ou esclarecimentos, entre em contato pelo (69) 98473-3320.

Texto: Etiene Gonçalves
Foto: Leandro Morais e Sema

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)