Governo de Rondônia moderniza estrutura da Segurança Pública com inauguração do Centro Integrado de Comando e Controle

62

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesdec), realizou nesta quarta-feira (29), a inauguração do novo Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), em Porto Velho. Um termo de acordo de cooperação foi assinado pelo Estado com o Governo Federal para a implantação e manutenção do CICC. O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) entregou ao Governo de Rondônia diversos equipamentos para estruturar o local.

A estrutura inclui a Polícia Militar de Rondônia (PM), Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e a Polícia Civil (PC). Com a inauguração do CICC, poderão atuar também outros órgãos federais e municipais, tais como o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Fundação Estadual de Atendimento Socioeducativo de Rondônia (Fease), Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), entre outros.

O governador Marcos Rocha afirmou que no Estado tem sido feito um trabalho diferenciado, no sentido de fortalecer a segurança dos cidadãos.

“Todas as ações necessárias para combater a criminalidade serão feitas, assim como temos feito na aquisição de equipamentos, na melhoria salarial dos policiais civis e militares, além das ações nos campos e até mesmo nas fronteiras”, afirmou Marcos Rocha.

O secretário da Sesdec, José Hélio Cysneiros Pachá, acentuou a qualidade no atendimento do novo Centro Integrado, com a ajuda da tecnologia na assistência à população.

“Fizemos a revitalização das antigas instalações da Sesdec, onde funcionava o Centro Integrado De Operacoes Policiais (Ciop), para receber equipamentos com softwares e hardware, em parceria com a Secretaria de Ações Integradas, do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), do Governo Federal”, disse Pachá.

Além disso, Pachá pontuou que por meio do CICC, os agentes da Segurança Pública estarão prestando o melhor serviço à sociedade, com qualidade, atendendo de forma ágil. “As ações de integração operacional serão fortalecidas, sobretudo no fomento e no apoio a atuação integrada entre a união dos estados e municípios. Teremos grandes contribuições para o assessoramento para tomada de decisões no auxílio ao combate à criminalidade”.

Pachá lembrou os 1.000 dias à frente da pasta da Segurança Pública estadual e agradeceu ao governador Marcos Rocha pelo apoio nas ações realizadas. O secretário citou o reajuste salarial aos serventuários da Segurança Pública do Estado, que foi de 25% assegurados para o primeiro trimestre de 2022 para a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, e 20% para a Polícia Civil e Polícia Técnico-Científica (Politec).

O secretário de operações integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), Alfredo Carrijo, argumentou que o Governo Federal se comprometeu em expandir os centros de comando e controle nos estados. “Estes locais funcionam com um viés integrador e operacional, com a ideia de colocar no mesmo ambiente, as forças federais, estaduais e municipais, trabalhando para combater o crime organizado”.

Carrijo ainda citou os investimentos feitos com equipamentos tecnológicos de software e hardware para ajudar as forças de segurança em Rondônia. “A partir do momento em que são colocados recursos do Estado na área de segurança, são trazidos benefícios imediatos a população”, finalizou.