DIA DA ABELHA | Atividades de apicultura e meliponicultura são incentivadas em Porto Velho

Estima-se que sejam mais de 100 produtores na capital

37

Desde 2019, a Prefeitura de Porto Velho vem trabalhando no fortalecimento da apicultura e meliponicultura. Já são mais de 100 produtores no município, sendo 48 na capital e os demais distribuídos nos distritos, entre eles Nova Califórnia, que se destaca como a região mais forte da capital.

Os programas de incentivo tiveram início em novembro de 2019, quando o prefeito Hildon Chaves lançou o projeto “Mel do Porto”, para que, através da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Semagric), fossem distribuídas caixas para a criação de abelhas, fumigadores para manejo das colmeias e kits de Equipamento de Proteção Individual (EPIs).

Além da distribuição de todo esse aparato, a Semagric também realiza acompanhamento junto às propriedades produtoras de mel e realiza o treinamento de novos produtores. “Nosso papel é fomentar e incentivar a produção, dando oportunidade e capacitação para a melhoria da qualidade e expansão do cultivo na nossa cidade”, disse o secretário da Semagric, Vinícius Miguel.

Outro ponto que vai contribuir para o crescimento do setor é a criação em andamento de um projeto de lei que dispõe sobre a “Política Municipal de Desenvolvimento e Expansão da Apicultura e Meliponicultura”. O projeto está em fase de elaboração por parte da secretaria.

Atualmente a produção de apicultores e meliponicultores cadastrados junto à Semagric é de, aproximadamente, 30 mil quilos ao ano, mas a estimativa é de que este número seja ainda maior.

Vinícius Miguel, secretário da Semagric

Para aqueles que desejam iniciar uma criação de abelhas, a Semagric está de portas abertas para prestar esclarecimentos e ofertar as possibilidades de incentivo. “Estamos aqui para contribuir com o crescimento dos nossos produtores, principalmente da agricultura familiar, tão importante para a economia do nosso município”, destacou o secretário.

A secretaria funciona de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 13h30 na rua Mario Andreazza, 8072, bairro JK II.

DIA DA ABELHA

Bastante conhecida pelo fornecimento de mel, a abelha tem importante papel econômico e ecológico, por ser responsável pela polinização de diversas espécies, sendo fundamentais para o aumento da produtividade agrícola.

No Brasil, há uma data especial dedicada a esses tão importantes insetos: o dia 3 de outubro é comemorado o Dia da Abelha.

As abelhas são consideradas pelos especialistas peças fundamentais para a agricultura, além do serviço de polinização, ainda contribuem para o desenvolvimento social e bioeconomia, gerando renda aos pequenos produtores e estimulando a preservação do meio ambiente.