Presidente da Coreia do Sul SUGERE proibir CONSUMO de carne de cachorro no país

Moon Jae-in, que ADORA CÃES, indicou que a prática tradicional pode acabar

121

O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, cogita proibir o consumo de carne de cães no país, uma prática tradicional, mas que se tornou um constrangimento internacional.

“Não chegou a hora de considerar proibir o consumo de carne de cachorro?” Moon perguntou ao primeiro ministro, Kim Boo-kyum, durante uma reunião nesta segunda-feira, de acordo com o porta-voz presidencial. As informações são do jornal The Guardian.

O presidente teceu os comentários durante discussão sobre um plano para melhorar o sistema de cuidados para animais de estimação abandonados. Moon é um conhecido por adorar cães e tem vários no complexo presidencial, incluindo um que ele resgatou logo após assumir o cargo.

Estimativas apontam que 1 milhão de cães são abatidos anualmente no país para o consumo. Todavia, cada vez mais pessoas adotam cães como como animais domésticos, o que fez a prática se tornar um tabu geracional.