Vídeo: Chorão, caminhoneiro líder da greve de 2018, detona Sérgio Reis e ato em 7/9

O cantor Sérgio Reis está organizando manifestação e citou o movimento dos caminhoneiros e agricultores como apoiadores de Bolsonaro

174

 

A convocação pelo cantor Sérgio Reis de uma manifestação de caminhoneiros em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e à intervenção militar está causando reações ruidosas entre lideranças da categoria.

Um dos organizadores da greve de caminhoneiros de 2018, que parou o país por 10 dias, o sindicalista Wallace Landim, conhecido como Chorão, gravou um vídeo neste domingo (15/8) reclamando do uso político da categoria e dizendo que seus companheiros de profissão precisam se mobilizar por pautas próprias e não em apoio a políticos.

“Precisamos nos unir pra nós lutar pelas nossas demandas. Nós não nos envolvemos com pauta política nem a favor de governo nem contra governo, nem a favor de STF nem contra o STF”, discursou ele.

“Eu quero deixar claro aqui pra vocês, nós não participamos disso. Não deposite dinheiro na conta de malandro! Tem muita gente aí pedindo dinheiro pra fazer manifestação no dia sete de setembro. Não faça isso, não faça isso”, pediu Chorão, que é presidente da Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores (Abrava).

Chorão também reclamou do comportamento de Sérgio Reis, que, segundo ele, foi deputado e nada fez pela categoria. “O senhor nunca subiu na tribuna para falar em nome de caminhoneiro”, disparou.