EDUCAÇÃO AMBIENTAL | Pequenos produtores de Itapuã do Oeste são orientados sobre combate às queimadas

84

O Governo de Rondônia, por meio da Coordenadoria de Educação Ambiental da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) e em parceira com a Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater) e o Corpo de Bombeiros, realizou, durante três dias, uma série de atividades da campanha de prevenção às queimadas e incêndios florestais tendo como público alvo os pequenos produtores rurais de Itapuã do Oeste.

A escolha da região foi baseada no boletim de focos de calor produzido pela Coordenadoria de Goeciências onde, segundo o relatório mensal do mês de julho, o município de Itapuã do Oeste ocupa a sétima colocação entre os locais com o maior número de focos, ficando atrás apenas de Porto Velho, Candeias do Jamari, São Miguel do Guaporé e Alto Paraiso, que juntos representam 44% do total de focos do Estado.

A ação de orientação no município aconteceu com um trabalho corpo a corpo. A equipe visitou casas agropecuárias e propriedades rurais para abordar sobre questões ambientais e principalmente sobre queimadas, alertando a população sobre o decreto federal de n°10.735/2021, que proíbe por um período de 120 dias o emprego de fogo em práticas agropastoris e florestais, a contar da data de publicação do decreto (28 de junho de 2021).

Claudemir Silvério, veterinário e produtor rural, ressaltou a facilidade para um pequeno fogo perder o controle, tornando as queimadas ainda mais perigosas. “Um pequeno fogo se alastra facilmente com a ajuda dos ventos”, frisa Claudemir.

Contando com o apoio da imprensa local, os trabalhos foram divulgados em rádios, ampliando a sensibilização da campanha entre a população.

As atividades foram encerradas com um encontro em uma das associações de produtores rurais da região, oportunidade em que os moradores foram orientados sobre como devem agir em caso de queimada. Ainda, os bombeiros demonstraram como utilizar os equipamentos, além de mostrar alternativas com materiais encontrados dentro das próprias propriedades.

GUARDIÕES DA AMAZÔNIA

Em todas as ações realizadas pela Educação Ambiental, o aplicativo Guardiões da Amazônia (disponível na Playstore e Apple Store) é apresentado à população como alternativa ao combate de queimadas, pois o cidadão consegue realizar uma denúncia, sem precisar se identificar, contribuindo ainda mais para a proteção do meio ambiente.