Projeto “Mulher com Renda” da Emater promove curso de gestão pessoal para agricultoras de Seringueiras

135

As mulheres do campo de Rondônia tem progredido e avançado. Muitas tem assumido suas propriedades e ganhado o respeito pela capacidade gerencial e produtiva. O projeto “Mulher com Renda”, realizado pela Entidade de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-RO), vem consolidando essa realidade, oferecendo às agricultoras do município de Seringueiras o curso de gestão pessoal, que busca promover o discernimento sobre as questões voltadas ao empreendedorismo feminino.

“A ideia é explorar os pontos fortes e ampliar a visão para os traços de personalidade voltados à liderança e criatividade”, explica o gerente local da Emater em Seringueiras, João Francisco dos Santos Filho, que ministrou o curso.

“Este é o primeiro passo para que o projeto tenha sucesso, estabelecendo seguimentos de condutas que possam auxiliar de forma significativa a atividade”, explica João Francisco, afirmando que o curso seguiu todos os protocolos de segurança que a atual pandemia exige: uso de máscaras, álcool em gel e o distanciamento necessário, a fim de evitar aglomerações.

A proposta visa ainda capacitar agricultoras para lidar com questões que envolvem públicos, aos quais elas deverão fornecer seus produtos. Outro ponto específico está em saber lidar com a gestão financeira, tanto da propriedade rural, quanto da renda extra que virá com possíveis novos trabalhos.

O curso trouxe grande satisfação para as participantes que já vislumbram novas oportunidades e desafios para novos empreendimentos, aperfeiçoando suas atividades para que eles sejam rentáveis e lucrativas. Para um acompanhamento mais amplo e qualificado, a Emater estabeleceu parcerias com a Prefeitura e sindicato locais.